domingo, dezembro 31, 2006

Ocaso






"Meu tempo é hoje."






Começou bem cedo aquela chuva

Sem fazer ruído e me roendo

Como se saudasse o inverno no meu coração

Como se soubesse o quanto eu estava sofrendo

Suportei na hora meu maior tormento

Até silenciar com resignação

Esperando o sol que não apareceu

E enxugando os prantos da desilusão

Chuva pode cair a vontade

Hoje eu não sinto saudade

A solidão terminou

São apenas lembranças de um tempo tão distante

Trazidos pela nostalgia que nesta manhã você me despertou.

.

.

Chuva, sexta faixa desse álbum sublime de 1975, disponível para download no link abaixo.

Inspirado pelo clima deste último dia de 2006.

2 comentários:

dayaoyao disse...

hey, I just got a free $5000.00 Gift Card. you can redeem yours at Abercrombie & Fitch All you have to do to get yours is Click Here to get a $5000 free gift card for your backtoschool wardrobe

Anônimo disse...

Recomeçar
Do que restou de uma paixão
Voltar de novo à mesma dor sem razão
Guardar no peito a mágoa sem reclamar
Acreditar no SOL da NOVA MANHÃ
Dizer adeus e renunciar
Vestir a capa de cobrir solidão
Para poder chorar

Somente o tempo faz a gente lembrar
O sofrimento que não quis perdoar
E todo o mal reprimido
Pode, afinal, nos deixar
A vida tem seu renascer de uma dor
Toda ferida um dia tem que fechar
E quem secou esse pranto
Pode novamente amar